Somos donos do nosso destino. Somos capitães da nossa alma.

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

Teus olhos...


Busco teus olhos no manto do céu e percorro todo o universo que há dentro de você.
Busco no horizonte algo que se compare ao amor que sinto, e percebo que unicamente além dele está a similitude.
Deparo-me com a lua que tudo espreita ; vê quem ama e vê o amado. Quisera poder penetrá-la e através dos olhos dela te namorar.
Encontro numa estrela oculta pelas nuvens, no entanto, existência presente e pertencente ao céu, a resposta para nós dois.
Por um momento perco meu coração, que alado, voa em tua direção à procura de teus olhos.
Se olhasses agora para o céu, encontrarias em seu fulgor a evidência do meu amor.
Te busco no silêncio e te encontro em minha alma...tão perto e não posso te alcançar!
A brisa escorrega por meu rosto e traz o toque de tuas mãos invisíveis, fazendo meu corpo tremer.
Encontro teus olhos sob minha pele...
A lembrança de teus olhos singelos, vem como um abraço que me envolve e no céu me faz adormecer. E nos meus sonhos repousará o teu cansaço.
Em pouco tempo a aurora chegará...e com ela eu renascerei, a cada dia, para esperar por teus olhos e te amar.