Somos donos do nosso destino. Somos capitães da nossa alma.

terça-feira, 12 de julho de 2011

Torresmo

História: O torresmo é uma preparação culinária feita de toucinho cortado em pequenos pedaços e frito até ficar crocante. No Brasil, é uma contribuição da culinária portuguesa, com alguns retoques dos temperos trazidos pelos escravos da África. Antigamente, era só uma maneira de se obter a banha de porco (gordura utilizada na culinária), mas na Bahia colonial, os escravos passaram a consumí-lo diretamente.
O torresmo passou a ser utilizado em larga escala como um delicioso petisco associado à comida mineira, sendo apreciado acompanhado de um aperitivo - aguardente - e utilizado também na feijoada e no feijão tropeiro. Pode acompanhar também qualquer bebida por se tratar de um excelente tira-gosto.

INGREDIENTES

2 colheres de sopa de óleo de soja
1 colher de chá de sal
1 kg de toucinho

PASSO A PASSO

Picar o toucinho em cubos ou tiras (3/3 cm para tira gosto ou 3/15 cm ). Em uma panela ou tachinho, colocar o óleo, o toucinho e o sal e levar ao fogo alto. Com uma tampa perto, mexa sem parar para que não grude no fundo. Quando estiver fritando, (começando a pipocar) desligar o fogo. Aí que vem o segredo, deixar descansar um ou mais dias junto com a banha que se formou (de preferência em geladeira). Quando quiser degustá-lo colocar o torresmo com banha em uma panela meio tampada e fogo nela. Como vêem o segredo é a segunda fritada. Sempre fritar com uma tampa perto, para se defender de um possível espirro de gordura. Mexer o tempo todo até desligar o fogo, para não agarrar no fundo da panela. O óleo que se coloca no fundo é para acelerar a fritura e agarrar menos no fundo da panela. Se faltar sal salpicar um pouquinho depois de pronto. Pode ser usado o toucinho do porco, a papada, mas dê preferência às partes que vem com carne entremeada.