Somos donos do nosso destino. Somos capitães da nossa alma.

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Sopa de Pedra




"Sem que a rapariga amainasse a ciranda com que se apressava de um a outro freguês, servindo a este o belo tinto do Cartaxo, àquele o pires de azeitonas, para fazer peito, àqueloutro o dedalzito de bagaceira"

Ingredientes:Para 8 a 10 pessoas
  • 1 litro de feijão encarnado ;
  • 1 orelha de porco ;
  • 1 chouriço negro (de sangue da região) ;
  • 1 chouriço de carne ;
  • 150 g de toucinho entremeado ;
  • 750 g de batatas ;
  • 2 cebolas ;
  • 2 dentes de alho ;
  • 1 folha de louro ;
  • 1 molho de coentros ;
  • sal e pimenta
    Confecção:
    Se o feijão for do ano, não necessita ser demolhado. Se for duro, põe-se de molho durante algumas horas.
    Escalda-se e raspa-se a orelha de porco.
    Leva-se o feijão a cozer em bastante água juntamente com a orelha, os chouriços, o toucinho, as cebolas, os alhos e o louro. Tempera-se com sal e pimenta. Se for necessário juntar mais água, deve ser sempre a ferver.
    Quando a carne estiver cozida, retira-se e introduzem-se na panela as batatas cortadas aos quadradinhos e os coentros picados. Deixa-se cozer a batata.
    Assim que se retirar a panela do lume, introduzem-se as carnes previamente cortadas aos bocadinhos e uma pedra bem lavada, que deve ir na terrina.
    Esta receita foi especialmente cedida por José Manuel Toucinho, proprietário do célebre restaurante Toucinho de Almeirim.