Somos donos do nosso destino. Somos capitães da nossa alma.

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

A Delicia Do Seu Amor





Há um céu azul me esperando.
Mas tenho que ir bem cedo.
Pois não há tempo a perder.

Sua delicadeza é pueril.
Reaviva meu instinto juvenil.
Nas tuas curvas eu me perco.

Hoje não há tempo para a dor.
Pois vivo a delicia do seu amor.


Fique a vontade para copiar esta poesia, porém, Se for copiar, copie também as linhas abaixo que estão entre parênteses e cole no final da poesia ou poderá ser processado:

 Autor: Amadeu Paes